A IMPORTÂNCIA DA TRADUÇÃO NA INTERPRETAÇÃO DA LEI: PARA ALÉM DA LETRA DA LEI, AS “ENTRELINHAS” JURÍDICAS.

Autores

  • Leonor Guedes de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.34630/polissema.v0i14.3053

Palavras-chave:

interpretação, lei, conceito, contrato, relação jurídica

Resumo

A tradução de trabalhos de natureza jurídica, nomeadamente pareceres, documentos explicativos ou brochuras institucionais, torna-se fundamental quando se actua na área internacional e se pretende fazer chegar informação de modo mais preciso e rigoroso possível a interlocutores de diversas nacionalidades. Conhecer a língua original em que determinado documento é elaborado, bem como analisar e perceber detalhadamente o que está na mente de quem o elabora, é crucial. Quer numa fase prévia de negociação, quer numa fase de elaboração de peças, quer em fases intermédias de concretização de determinados conceitos, o trabalho conjunto jurista/tradutor ganha uma relevância muito significativa na área da assessoria jurídica internacional.

Downloads

Publicado

2019-05:-02

Como Citar

Oliveira, L. G. de. (2019). A IMPORTÂNCIA DA TRADUÇÃO NA INTERPRETAÇÃO DA LEI: PARA ALÉM DA LETRA DA LEI, AS “ENTRELINHAS” JURÍDICAS. POLISSEMA – Revista De Letras Do ISCAP, (14), 291–300. https://doi.org/10.34630/polissema.v0i14.3053

Edição

Secção

Artigos