Submissões

Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Quando disponíveis, foram fornecidos DOIs e URLs para as referências bibliográficas.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Instruções para Autores, na secção Sobre a Revista.
  • Todas as contribuições devem ser enviadas pela Plataforma OJS da PARC. Os autores devem registar-se previamente nesta plataforma, completando todo o formulário, nomeadamente ao nível da afiliação e indicação do nº ORCID (http://orcid.org). Todavia, apenas um autor deve fazer a submissão, ficando assim como autor de contacto.
  • Os textos deverão ser submetidos em formato WORD. O arquivo deve estar totalmente anónimo nas “Propriedades do arquivo”, de forma que não apareça a identificação do(s) autor(es).
    Sugerimos a leitura do Guião para Autores (encurtador.com.br/jY268) para melhor compreensão do processo de submissão na plataforma OJS, caso ainda não esteja familiarizado.
  • Só se aceita uma contribuição, por categoria, por autor(es) em cada edição.

Instruções para Autores

1. Âmbito da Revista

 A POLISSEMA – Revista de Letras do ISCAP é uma revista científica internacional, com revisão anónima por pares, publicada desde 2001 em formato impresso e, desde 2019, exclusivamente em formato digital.

A POLISSEMA visa divulgar a atividade pedagógica e científica na área de Letras, nomeadamente nas áreas de Tradução, Interpretação, Localização, Linguística, Línguas para Fins Específicos, Tecnologias Aplicadas ao Ensino de Línguas, Interpretação e de Tradução, Comunicação Técnica, Comunicação Multimodal, Escrita Criativa, entre outros.

1.1 Contribuições

A Revista publica resultados de investigação em Português, Inglês, Francês, Espanhol e Alemão.

É da inteira responsabilidade do(s) autor(es) garantir que a contribuição é original e inédita e que não se encontra publicada (na mesma língua ou noutra) ou sob revisão junto de outra Publicação.

As contribuições podem ser:

  1. Artigos, entre 5000 a 6300 palavras, incluindo títulos, tabelas e bibliografia.
  2. Estudos, Relatórios, Propostas, com entre 5000 e 6000 palavras, incluindo títulos, tabelas e bibliografia.
  3. Revisões de Literatura, entre 5000 a 6300 palavras, incluindo títulos, tabelas e bibliografia.
  4. Recensões, entre 1500 e 5000 palavras, incluindo títulos, tabelas e bibliografia.
  5. Traduções, até 5000 palavras.

Todas as contribuições devem respeitar escrupulosamente as Normas de Publicação da American Psychological Association (APA 7), normas para publicação e estrutura dos manuscritos e as Condições para Submissão.

Os autores podem submeter contribuições entre 1 de janeiro e 31 de agosto de cada ano, para serem publicadas até dezembro desse ano civil.

2. Política Editorial

 2.1 Arbitragem Científica e Critérios

À direção da Revista cabe a responsabilidade de aceitar ou rejeitar as contribuições submetidas, com a colaboração de uma Comissão Editorial e de uma Comissão Científica, constituída por avaliadores internos e externos, nacionais e internacionais, aplicando-se o sistema de arbitragem científica com revisão cega por pares (mínimo de 2).

A partir dos relatórios científicos dos avaliadores da Comissão Científica, a Comissão Editorial decide aceitar ou rejeitar as submissões com base nos seguintes critérios:

  1. Atualidade e originalidade;
  2. Relevância e significado: avanço do conhecimento científico;
  3. Fiabilidade e validade científica: qualidade metodológica verificada (apenas para artigos);
  4. Organização (coerência lógica e apresentação formal);
  5. Clareza e correção do texto;

 2.2 Processo de Publicação

A POLISSEMA confirma a receção da submissão dos autores e mantém-nos informados, por e-mail e na plataforma, do processo de aceitação/rejeição, bem como do processo de edição, em caso de aceitação. No ponto 3, em Normas para a publicação e estrutura dos manuscritos e Condições para Submissão os autores encontram normas para a submissão, publicação e estrutura dos manuscritos.

2.2.1 Aceitação Preliminar

Até 15 dias após a data de submissão do manuscrito, o autor de contacto será informado se o documento passou a fase preliminar de aceitação para avaliação pela Comissão Científica.

Caso o documento apresente:

  1. erros de formatação, não se inclua no âmbito da publicação ou, no geral, não cumpra os critérios de qualidade da POLISSEMA, o Conselho Editorial rejeitará o manuscrito, sem haver possibilidade de ressubmissão.
  2. erros superficiais, este será devolvido ao autor para correção antes do início do processo de revisão por pares. O autor deverá ressubmeter o documento corrigido no prazo de uma semana. Neste caso, a data oficial de aceitação é a data em que a versão corrigida é recebida.
  3. uma estrutura que não respeite as categorias enunciadas em 1.1, as normas para publicação e estrutura dos manuscritos e as Condições para Submissão, a Comissão Editorial solicitará a ressubmissão noutra categoria, quando possível.

Após a revisão cega por pares, será tomada a decisão de aceitar ou rejeitar os manuscritos para publicação, bem como a eventual introdução de alterações estilísticas e/ou a necessidade de rever textos que excedam a extensão máxima permitida, respeitando sempre o conteúdo original.

2.2.2 Aceitação e Edição

Uma vez concluído o processo de aceitação preliminar, o manuscrito será enviado para revisão cega por pares. O período de arbitragem científica é de aproximadamente 8 semanas. Os manuscritos avaliados positivamente, exigindo alterações (tanto menores, como maiores), deverão ser ressubmetidos no prazo máximo de 15 dias, a partir da receção da notificação, na plataforma PARC. 

Os autores receberão relatórios de avaliação científica anónimos, de forma a poderem proceder às alterações solicitadas.

Os autores dos artigos aceites para publicação recebem as provas dos textos finais para correção em formato PDF antes da publicação final. As versões revistas devem ser devolvidas no prazo de 3 dias úteis a contar da sua receção, para poderem ser publicadas.

3. Normas para publicação e estrutura dos manuscritos:

O texto deve seguir as normas indicadas abaixo. Nos casos omissos, aplica-se a Norma APA.

3.1 Formatação do texto:

  • Formatação de página: tamanho A4, margens laterais – 3 cm; margens superior e inferior – 2,5 cm; espaçamento 2 pt.
  • Tipo de letra: Garamond, tamanho 12 para corpo de texto e título; tamanho 11 para citações destacadas e referências bibliográficas; tamanho 10 para notas de rodapé. (sem espaçamento entre linhas).
  • Título: centrado, escrito em maiúsculas e a negrito.
  • Indentação dos parágrafos: 1cm
  • Destaques no texto: usar itálico, em vez de negrito ou sublinhado.
  • Não usar cabeçalho ou rodapé, exceto para indicar número da página.

 3.2. Estrutura do Texto

No caso de se tratar de um “Artigo”, os textos devem respeitar a estrutura apresentada a seguir. Nas categorias “Estudo”, “Relatório/ Proposta” e “Revisão de Literatura”, pode ser-se mais flexível nas secções 5 e 6. A secção “Referências” é obrigatória em todas as categorias (exceto em “Tradução”).

O título, resumo e palavras-chave têm de ser sempre indicados em inglês e na língua do trabalho (se for inglês, deve indicar-se, também, a versão portuguesa). Não se aceita o uso de tradutores automáticos, sem pós-edição, uma vez que a correção e estilo linguísticos são um critério de qualidade.

1. Título (em inglês e português/língua do trabalho)

Deve ser conciso, mas informativo e ter, no máximo, duas linhas (80 caracteres com espaços).

O editor pode solicitar alterações no título, caso não abranja corretamente o sentido do trabalho.

2. Resumo (em inglês e português/língua do trabalho)

Deve ter 200/250 palavras e descrever, de forma concisa, a motivação e o objetivo da investigação, a metodologia empregada, os resultados mais relevantes e as principais conclusões, com a seguinte estrutura: justificação do tema, objetivos, metodologia de estudo, resultados e conclusões.

Deve estar escrito de maneira impessoal.

3. Palavras-chave - mínimo de 4, máximo de 8 - (em inglês e português/língua do trabalho).

4. Introdução: referir fundamentos e objetivo do estudo, utilizando citações bibliográficas, assim como a revisão da literatura mais relevante sobre o tema, a nível nacional e internacional.

5. Material e métodos: deve descrever-se a amostra e as formas de modelos, assim como fazer referências ao tipo de análises usadas de forma precisa, para que o leitor compreenda e confirme o desenvolvimento da pesquisa. Caso se trate de uma metodologia original, é necessário expor os motivos que levaram ao seu uso e descrever possíveis limitações.

6. Análises e resultados: realçar as observações mais importantes e descrever imparcialmente as observações efetuadas com o material e métodos empregados, bem como os resultados mais relevantes da investigação.

Tabelas ou figuras imprescindíveis devem aparecer de forma lógica no texto.

7. Discussão e conclusões: relacionar os resultados e resumir as principais conclusões, relacionando as observações do estudo com outros estudos de referência.

8. Contribuições e limitações: realçar contribuições da investigação para a área e indicar limitações, sem reiterar dados já comentados.

Deve fazer-se referência às implicações dos resultados e limitações, incluindo deduções, para investigações futuras, assim como relacionar as conclusões com os objetivos do estudo, evitando conclusões não apoiadas completamente pelos dados da investigação apresentada.

10. Referências: incluir apenas as citadas no texto. Sempre que exista, indicar DOI. Os URL devem estar em formato reduzido[1] (ex: http://bit.ly/2JkuWs8); centrado; tamanho 11

Notas de rodapé: devem ser evitadas e usadas apenas quando a informação for relevante e impossível de citar no texto, tamanho 10, espaço simples.

As secções do texto devem estar separadas por 1 espaço.

 

[1] Pode usar, por exemplo o Short URL (https://www.shorturl.at/), para este efeito.

Artigos

Esta secção aceita artigos de investigação originais, com entre 5000 a 6300 palavras, incluindo títulos, tabelas e bibliografia e com uma estrutura de acordo com a descrita em "Condições para Submissão".

Revisões de Literatura

Revisão exaustiva de um tema recente e actual na área de estudos. Valoriza-se a justificação da bibliografia selecionada com aproximadamente de 100 referências.

Estudos

Estes artigos informam sobre casos concretos de fenómenos de interesse.

Relatórios, Propostas

Estes artigos comunicam breves relatórios/trabalhos em desenvolvimento de dados de investigação originais que, segundo os editores podem ser de interesse para muitos investigadores e, assim, estimular o desenvolvimento de investigação neste domínio.

Traduções

.

Recensões

.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.