Pensar uma rede de museus de arte contemporânea e arquitetura no Norte de Portugal

Autores

  • António Manuel Torres da Ponte Museu Nacional Soares dos Reis; Faculdade de Letras da Universidade do Porto; Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto; Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico do Porto; CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória» https://orcid.org/0000-0001-7865-5275

DOI:

https://doi.org/10.34630/sensose.v9i3.4504

Palavras-chave:

Rede, Museu, Arte contemporânea, Arquitetura, Norte de Portugal

Resumo

O território do Norte de Portugal com uma grande diversidade natural constitui-se como um espaço de grande diversidade cultural. Fruto do evoluir dos tempos a região Norte foi-se diferenciando com marcas territoriais de grande relevância, assumindo os museus de arte contemporânea e arquitetura um papel essencial como testemunhas destes territórios de criatividade.

Pela região foi-se disseminando um conjunto de instituições museológicas cujo funcionamento em rede e em articulação é fundamental no sentido de potenciar e reforçar a sua promoção e o desenvolvimento de projetos com economia de escala que permitam uma maior abrangência de público.

Downloads

Publicado

2022-10:-25

Como Citar

Torres da Ponte, A. M. (2022). Pensar uma rede de museus de arte contemporânea e arquitetura no Norte de Portugal. Sensos-E, 9(3), 44–53. https://doi.org/10.34630/sensose.v9i3.4504