No arco-íris da palavra-ação. Projeto de investigação e intervenção social com jovens LGBTI

Autores

  • Carina Dias Nogueira Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto
  • Hugo Monteiro Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do PortoEscola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto; Instituto de Filosofia – Faculdade de Letras da Universidade do Porto

DOI:

https://doi.org/10.34630/sensose.v9i2.4486

Palavras-chave:

LGBTI, Associativismo, Cidadania, Participação, Diversidade

Resumo

O presente artigo tem por base um projeto de Investigação-Ação Participativa desenvolvido numa associação de jovens LGBTI. O contexto de confinamento pandémico em que este projeto ocorreu, tendo interferido no processo de interação requerido no rumo pesquisa-ação, intensificou ao mesmo tempo a necessidade de recriar formas de participação e modalidades de intervenção que tiveram o diálogo e a palavra por focos principais. A cidadania crítica e as oportunidades de confrontação com a LGBTIfobia são postas em cena, num processo de reconhecimento mútuo e de aprendizagem pela conversa que concebe a educação e a intervenção social como compromisso com o combate às desigualdades sociais, em que a expressão coletiva e o direito à diferença são postos em primeiro plano. As especificidades do associativismo jovem e dos direitos LGBTI são abordadas numa perspetiva exploratória, no sentido de criar condições de partilha e de construção coletiva em contexto de confinamento pandémico.O presente artigo tem por base um projeto de Investigação-Ação Participativa desenvolvido numa associação de jovens LGBTI, em contexto de confinamento pandémico. A cidadania crítica e as oportunidades de confrontação com a LGBTIfobia são postas em cena, num processo de reconhecimento mútuo e de aprendizagem pela conversa que concebe a educação e a intervenção social como compromisso com o combate às desigualdades sociais, em que a expressão coletiva e o direito à diferença são postos em primeiro plano. As especificidades do associativismo jovem e dos direitos LGBTI são abordadas numa perspetiva exploratória, no sentido de criar condições de partilha e de construção coletiva em contexto de confinamento pandémico. Pretende-se dar conta do projeto desenvolvido com um conjunto de jovens LGBTI, através de grupos de discussão, visando dar continuidade e intensificar os processos de socialização e de partilha que a pandemia veio dificultar, em contexto associativo.

Downloads

Publicado

2022-07:-17

Como Citar

Dias Nogueira, C., & Monteiro, H. (2022). No arco-íris da palavra-ação. Projeto de investigação e intervenção social com jovens LGBTI. Sensos-E, 9(2), 37–46. https://doi.org/10.34630/sensose.v9i2.4486