Formação de formadores e formação piloto de professores de Matemática com o GeoGebra em contexto STEAM

Autores

  • José dos Santos dos Santos Escola Superior de Educação do Politécnico do Porto; inED - Centro de Investigação e Inovação em Educação; Instituto GeoGebra de Portugal
  • Astrigilda Silveira Instituto GeoGebra, Universidade de Cabo Verde

DOI:

https://doi.org/10.34630/sensose.v8i1.3805

Palavras-chave:

Matemática, Pensamento computacional, Tecnologia, STEAM, GeoGebra

Resumo

O trabalho a que se reporta o presente artigo faz parte do projeto “Reforço da formação de professores de matemática em países de Língua Oficial Portuguesa numa lógica STEAM & GeoGebra” que adotou como estratégia o desenvolvimento de formação em matemática, recorrendo ao uso da tecnologia com base no software GeoGebra. Pretende-se, com essa iniciativa, o reforço da formação dos 26 formadores GeoGebra cabo-verdianos, a partir dos Polos da Universidade de Cabo Verde da Praia, Mindelo e Assomada e a realização de oficinas piloto de formação de professores dos Ensinos Básico e Secundário, em diferentes concelhos das Ilhas de Santiago e São Vicente, como parte deste processo de certificação. Concomitantemente o projeto tem uma vertente de investigação, integrada no projeto de investigação “GeoGebra & STEAM - Formação de Professores - Ensino e Aprendizagem Matemática em contexto STEAM com o GeoGebra nos Países de Língua Oficial Portuguesa”, em desenvolvimento no Centro de Investigação e Inovação em Educação da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto. No âmbito deste artigo, faz-se um balanço dos trabalhos realizados, no contexto da COVID-19, para a preparação da primeira fase das sessões de formação de formadores.

Downloads

Publicado

2021-05:-16

Como Citar

dos Santos, J. dos S., & Silveira, A. (2021). Formação de formadores e formação piloto de professores de Matemática com o GeoGebra em contexto STEAM. Sensos-E, 8(1), 88–100. https://doi.org/10.34630/sensose.v8i1.3805