Impacto das Avaliações de Múltipla Escolha no Ensino Secundário Geral

Autores

  • Abílio Fernando Macaringa Universidade Metodista Unida de Moçambique (UMUM), Campus de Cambine, Morrumbene
  • Edgar Manuel Ribeiro Lamas Universidade Metodista Unida de Moçambique (UMUM)

DOI:

https://doi.org/10.34630/erei.v3i9.4216

Palavras-chave:

avaliação, ensino e aprendizagem, perguntas de múltipla escolha

Resumo

No procedimento da elaboração do artigo, apresentamos as linhas pelas quais seguimos para a produção do mesmo. A partir deste trabalho, analisamos o impacto do uso das avaliações de múltipla escolha no ensino secundário geral e em outras instituições de ensino em Moçambique. Uma política desenhada tendo em vista melhorar a qualidade de ensino, reduzindo a subjetividade na classificação das respostas dos alunos, facilitar a introdução da correção eletrónica e centralizada, combater a corrupção, obter um banco de dados de resultados que permitam retroalimentar o sistema educativo nacional (Mabote, 2013). Consideramos pertinente analisar o impacto deste tipo de avaliação na aprendizagem do aluno, numa era em que a preocupação em melhorar a qualidade do ensino cresce à medida que a sociedade evolui, pois há necessidade de ajustar a educação às novas exigências da sociedade.

Biografias Autor

Abílio Fernando Macaringa, Universidade Metodista Unida de Moçambique (UMUM), Campus de Cambine, Morrumbene

Mestre em Pedagogia e Dictáctica

Edgar Manuel Ribeiro Lamas, Universidade Metodista Unida de Moçambique (UMUM)

Professor do Mestrado em Pedagogia e Didáctica

Downloads

Publicado

2021-07:-22

Como Citar

Macaringa, A. F. ., & Lamas, E. M. R. . (2021). Impacto das Avaliações de Múltipla Escolha no Ensino Secundário Geral. E- Revista De Estudos Interculturais, (9, Vol. 3). https://doi.org/10.34630/erei.v3i9.4216

Edição

Secção

Estudos Interculturais no Contexto Contemporâneo