MY DARK VANESSA, DE KATE ELIZABETH RUSSELL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34630/polissema.vi20.3723

Palavras-chave:

pedofilia, trauma, memória, Kate Elizabeth Russell

Resumo

Nesta recensão, analiso o romance My Dark Vanessa, da escritora norte-americana Kate Elizabeth Russell, focando estratégicas narrativas como o uso do suspense, o recurso à narradora não fiável, a alternância cronológica entre passado e presente. Para escorar o meu estudo, cito exemplos dos principais passos do enredo e comento-os.

Biografia Autor

João de Mancelos, Universidade da Beira Interior/Centro de Línguas Literaturas e Culturas

João de Mancelos nasceu em Coimbra, em 1968. É licenciado em Ensino de Português e Inglês (UA, 1992), mestre em Estudos Anglo-Americanos (UC, 1996), doutorado em Literatura Norte-americana (UCP, 2001), pós-doutorado em Estudos Literários (UA, 2006-2012) e agregado em Estudos Culturais (UA, 2015). É docente na Universidade da Beira Interior e escritor. Publicou vários livros de ensaio, poesia e ficção. Os seus interesses incluem Literatura e Cinema.

Downloads

Publicado

2020-12:-31

Como Citar

de Mancelos, J. (2020). MY DARK VANESSA, DE KATE ELIZABETH RUSSELL. POLISSEMA – Revista De Letras Do ISCAP, (20), 191–196. https://doi.org/10.34630/polissema.vi20.3723

Edição

Secção

Recensões