Grupo focal presencial e on-line: abordando questões conexas e disruptivas

Autores

  • João Ferreira Sobrinho Junior Universidade Federal de Goiás, Goiânia-GO, Brasil
  • Nyuara Araújo da Silva Mesquita Universidade Federal de Goiás, Goiânia-GO, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.34630/sensose.v9i2.4480

Palavras-chave:

Grupo focal presencial, Grupo focal virtual, Técnica de Pesquisa, Pandemia, COVID-19

Resumo

A pandemia da COVID-19 compeliu a um maior uso remoto de situações cotidianas que antes eram destinadas predominantemente ao contexto presencial, dentre elas, o grupo focal. Assim, este artigo se propôs a dialogar através das questões conexas e disruptivas existentes entre o grupo focal presencial e o grupo focal on-line. O percurso metodológico se pautou de pesquisa documental e bibliográfica para o levantamento, coleta e análise dos dados de forma qualitativa. Como resultado levantamos aspectos fundamentais conexos que permeiam o grupo focal presencial e on-line, que são: tamanho do grupo; duração; recrutamento dos entrevistados; conteúdo; transcrição; comunicação dos observadores com o moderador. E também perspectivas disruptivas entre estes dois modelos de grupos focais como: composição do grupo; ambiente físico; identidade do entrevistado; atenção do entrevistado; dinâmica de grupo; comunicação não verbal; uso de estímulos físicos; habilidades exclusivas do moderador; tempo de execução; custos de viagem do cliente; envolvimento do cliente; e, custos básicos da discussão em grupo. Conclui-se que, por meio desses diálogos, se possibilitará uma melhor compreensão do pesquisador sobre a escolha adequada do tipo de grupo focal que fará uso, levando-se em conta para isso, o seu objeto de estudo.

Biografias Autor

João Ferreira Sobrinho Junior, Universidade Federal de Goiás, Goiânia-GO, Brasil

 

 

Nyuara Araújo da Silva Mesquita, Universidade Federal de Goiás, Goiânia-GO, Brasil

 

 

Downloads

Publicado

2022-07:-17

Como Citar

Ferreira Sobrinho Junior, J., & Araújo da Silva Mesquita, N. . (2022). Grupo focal presencial e on-line: abordando questões conexas e disruptivas. Sensos-E, 9(2), 47–57. https://doi.org/10.34630/sensose.v9i2.4480