Na encruzilhada de opções educativas. Um estudo exploratório sobre o ensino a distância no 1.º Ciclo do Ensino Básico

Autores

  • Pedro Duarte Escola Superior de Educação do Politécnico Porto
  • Ana Isabel Moreira CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória»
  • Marlene Magalhães Agrupamento de Escolas do Viso, Porto
  • Maria José Araújo Escola Superior de Educação do Politécnico Porto; CIPEM-INET-md - Centro de Investigação em Psicologia da Música e Educação Musical

DOI:

https://doi.org/10.34630/sensose.v8i1.3788

Palavras-chave:

Desenvolvimento curricular, 1.º Ciclo do Ensino Básico, Ensino a distância

Resumo

O encerramento das escolas, devido à pandemia, mostrou-se especialmente difícil para as comunidades mais vulneráveis e desfavorecidas. O esforço para facilitar a continuidade da educação para todos/as, por meio do ensino a distância (EaD), exigiu o uso de diversas plataformas digitais, assim como uma reflexão sobre o currículo e o significado da aprendizagem. A educação online, já objeto de variados estudos (Dias, 2004; Lencastre & Araújo, 2009; Peres & Pimenta, 2011; Rosenberg, 2006), porque se tornou numa realidade contemporânea, sofreu, nos últimos meses, alterações na forma como é conceptualizada e integrada na prática educativa.

Neste texto, debruçamo-nos sobre o modo como os/as professores/as do 1.º Ciclo do Ensino Básico, em Portugal, se organizaram para ajudar os/as alunos/as a completar o seu processo de aprendizagem no cenário pandémico instalado. A recolha de dados concretizou-se por via de um inquérito por questionário, respondido por 287 professores/as que lecionaram naquele nível de ensino durante o ano letivo 2019/2020.

Na generalidade, os dados indiciam uma comum resistência face à necessidade de mudança, pese embora a mobilização de diferentes estratégias relacionais, didáticas e pedagógicas.

Downloads

Publicado

2021-05:-16

Como Citar

Duarte, P., Moreira, A. I., Magalhães, M. ., & Araújo, M. J. . (2021). Na encruzilhada de opções educativas. Um estudo exploratório sobre o ensino a distância no 1.º Ciclo do Ensino Básico. Sensos-E, 8(1), 64–76. https://doi.org/10.34630/sensose.v8i1.3788