A influência dos Sistemas de Contabilidade de Gestão na performance dos gestores: uma abordagem multidimensional

  • Elsa Pedroso Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
  • Carlos F. Gomes Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Sistemas de contabilidade de gestão, SCG, Características da informação, Análise fatorial confirmatória, Fator de segunda ordem, Pequenas e médias empresas

Resumo

O atual ambiente competitivo tem forçado as organizações a uma permanente mudança e adaptação a novas situações. Estes desafios têm contribuído para intensificar a importância da informação nos processos de decisão em que os gestores e restantes elementos das empresas estão envolvidos diariamente. Neste contexto, os sistemas de contabilidade de gestão (SCG) podem fornecer informação que auxilie os gestores nas suas atividades de planeamento e controlo dos processos organizacionais (Soobaroyen & Poorundersing, 2008). Desta forma, estes sistemas tornam-se num poderoso instrumento de apoio à decisão. Embora os gestores sejam os maiores beneficiários da informação fornecida pelos SCG, os outros recursos humanos da empresa poderão exercer um papel importante na promoção da eficácia desses sistemas e da consequente utilização da informação. Vários autores têm estudado a influência de fatores relacionados com os recursos humanos na eficácia dos SCG. No entanto, segundo a revisão da literatura efetuada, essa influência foi verificada apenas para alguns desses fatores, nomeadamente pelo apoio dos gestores de topo (Fong & Quaddus, 2010), pela satisfação do utilizador (Fong & Quaddus, 2010) e pela descentralização do poder de decisão (Chenhall & Morris, 1986; Hammad, Jusoh, & Ghozali, 2013; Soobaroyen & Poorundersing, 2008). O conceito de sistemas de contabilidade de gestão, introduzido por Chenhall & Morris (1986) é o mais citado na literatura. É definido através das seguintes quatro dimensões relativas às características da informação utilizada em contexto organizacional:  a extensão (informação externa, não financeira e orientada para o futuro);  a tempestividade (frequência e rapidez no relato da informação);  a agregação (informação agregada por período e/ou área funcional e informação analítica ou em formatos apropriados aos modelos de decisão); e  a integração (informação sobre metas precisas para as diversas atividades e a sua inter-relação dentro das subunidades e relatórios sobre interações intra-subunidades). No entanto, estas dimensões têm vindo a ser operacionalizadas e utilizadas na literatura, através de constructos individualizados. Ao efetuarmos uma extensa revisão de literatura sobre este tema, verificámos a dificuldade na comparação dos resultados relativos à utilização dos sistemas de contabilidade de gestão. Identificámos assim a necessidade de uma abordagem multidimensional que medisse as características da informação dos SCG de uma forma abrangente e integrada. Baseado na identificação desta lacuna, foi testado e validado o modelo do SCG como fator de segunda ordem, constituído pelas suas quatro dimensões. Este estudo baseou-se num inquérito on-line, dirigido aos responsáveis da área financeira de pequenas e médias empresas portuguesas. A dimensão da amostra foi de 284 casos, correspondendo a uma taxa de resposta de 20,23%. Os resultados da análise fatorial exploratória juntamente com a análise fatorial confirmatória, sugerem que a eficácia dos SCG pode ser medida através de um fator de segunda ordem, que inclui as quatro componentes multidimensionais atrás referenciadas. Após validação do modelo de medida, este fator de segunda ordem foi utilizado no modelo estrutural, para avaliar a influência dos SCG na performance dos gestores. Os resultados deste modelo permitem concluir que a referida influência é positiva, validando assim este novo instrumento.
No futuro, este instrumento permitirá aos gestores autoavaliarem os SCG das suas empresas, e aos investigadores disporem de um instrumento que permita medir e avaliar os SCG como um conceito abrangente e multidimensional.

Publicado
2019-02:-14
Como Citar
Pedroso, E., & Gomes, C. F. (2019). A influência dos Sistemas de Contabilidade de Gestão na performance dos gestores: uma abordagem multidimensional. Conferência - Investigação E Intervenção Em Recursos Humanos, (7). https://doi.org/10.34630/iirh.vi7.2810