Fatores que promovem a resiliência da equipa

uma revisão integrativa da literatura empírica

Autores

  • Mauro Enrique Carozzo Todaro Universidade Estadual do Maranhão
  • Teresa Proença Universidade do Porto

DOI:

https://doi.org/10.26537/iirh.vi9.2787

Palavras-chave:

Resiliência, Trabalho em equipa, Resiliência da equipa, Processos da equipa, Revisão Integrativa

Resumo

Na literatura de gestão de recursos humanos, resiliência é comumente definida como a capacidade de sair fortalecido e com mais recursos após enfrentar situações adversas (Sutcliffe & Vogus, 2003). A resiliência pode ser atribuída a indivíduos, grupos, organizações ou sistemas (Horne & Orr, 1998). No atual contexto de mudanças rápidas e hipercompetitividade, as pesquisas mostram que a resiliência desempenha um papel fundamental nos resultados e na eficácia das equipas de trabalho (Dimas et al., 2018; Meneghel, Martínez e Salanova, 2016a; Meneghel, Martínez, & Salanova, 2016b; Oeste, Patera, & Carsten, 2009). O objetivo desta pesquisa é analisar os fatores que aumentam a resiliência das equipas, explorando as evidências fornecidas pelas pesquisas empíricas. Para tanto, foi realizada uma revisão integrativa. Com a adoção desse método, foi possível realizar, de forma sistemática e organizada, a coleta, análise e síntese dos fatores que promovem a resiliência nas equipas de trabalho.

##submission.downloads##

Publicado

2019-08:-09

Como Citar

Carozzo Todaro, M. E., & Proença, T. (2019). Fatores que promovem a resiliência da equipa: uma revisão integrativa da literatura empírica. Conferência - Investigação E Intervenção Em Recursos Humanos, (9). https://doi.org/10.26537/iirh.vi9.2787