“Cross that border, close that gap”: Fonsequian cinematic literature as an intangible asset

Autores

  • Helena I. Lopes SCAP, P.Porto CEI/ILCML

DOI:

https://doi.org/10.34630/erei.vi10.4749

Palavras-chave:

Literatura cinemática, Rubem Fonseca, Capital Intelectual, Sustentabilidade

Resumo

Este artigo empregará investigação de áreas emergentes na Economia, Contabilidade e Negócios para argumentar a possibilidade de monetizar o Capital Intelectual de Rubem Fonseca. O presente estudo em Sociologia da Literatua é baseado nos resultados de uma dissertação em Intermedialidade que tomou como objeto a linguagem do cinema na ficção literária do escritor brasileiro contemporâneo Rubem Fonseca (cf. Lopes, 2021). Esta dissertação concluíra que a apropriação da retórica do cinema operada por Fonseca é instrumental em aumentar o realismo, imediatez e legibilidade dos seus romances, e assim em incrementar as vendas dos mesmos.
Fomentada pelo cinema, a acessibilidade da ficção broadbrow de Fonseca será enquadrada num protocolo de leitura pósmoderno capaz de atravessar a fronteira entre públicos eruditos e menos literatos, fechando assim a lacuna sociológica entre elites e massas. Com vista a incrementar ainda mais as vendas saudáveis dos livros de Fonseca em Portugal, este artigo exortará os editores literários a extender o marketing destes livros a leitores menos literatos aos quais a escrita de Fonseca é acessível mas que, de acordo com os dados apresentados no Apêndice de Lopes (2021), ainda não consomem os seus livros.  O artigo terminará propondo estratégias de mensuração do valor do autor enquanto bem intangível da Sextante, editora de Rubem Fonseca em Portugal. Os
benefícios microeconómicos de tal monetização de Capital Intelectual para a empresa são salientados, assim como os benefícios macroeconómicos da comercialização da literatura cinemática e broadbrow de Fonseca a nível da geração de riqueza e promoção da sustentabilidade através da extensão da literacia.

Biografia Autor

Helena I. Lopes, SCAP, P.Porto CEI/ILCML

É mestre em Intercultural Studies for Business (ISCAP, P. Porto) e licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Publicou sobre Literatura, Cinema e Estudos Culturais em 6 livros, 6 revistas académicas e 2 jornais.
Docente de Inglês Aplicado a Fins Específicos no Politécnico do Porto há mais de uma década, a sua prática pedagógica é informada pela atividade científica em Intermedialidade e pela experiência de dinamização de eventos culturais.

Downloads

Publicado

2022-07:-01

Como Citar

Lopes, H. I. . (2022). “Cross that border, close that gap”: Fonsequian cinematic literature as an intangible asset. E- Revista De Estudos Interculturais, (10). https://doi.org/10.34630/erei.vi10.4749

Edição

Secção

Artigos