[1]
M. H. G. Ustimenko, «PARATRADUÇÃO, CULTURA E MESTIÇAGEM», Polissema, n. 14, pp. 193–210, Mai. 2019.