Em busca do(s) sentido(s) perdido(s) na educação: um estudo sobre a educação pela arte no ensino precoce de inglês

  • Teresa Maia Agrupamento de Escolas Gualdim Pais

Abstract

A “Educação pela Arte (EpA) no ensino precoce do Inglês” surge como uma nova abordagem didática que cria pontes entre Arte e Língua. A arte fornece o contexto para a aquisição da L2 e ambos, arte e L2, culminam no desenvolvimento da relação do ser humano com o mundo, na vertente cultural, artística e linguística. Esta abordagem interdisciplinar resulta do reconhecimento de um conjunto de premissas teóricas: os saberes não devem ser compartimentados e, como tal, não devem ser hierarquizados; o acesso à arte não deve ser um luxo, mas uma necessidade; Língua e Arte são formas de expressão subjetiva e criativa, promotoras do desenvolvimento global da criança. Numa sociedade cada vez mais global e mutável, a educação precisa de uma panaceia que cure o desrespeito por estas premissas. Para atingir essa finalidade, a investigação centrou-se em dois grupos de observação, professores e alunos, para perceber até que ponto o fenómeno em estudo era apenas uma potencialidade ou uma realidade. Através do trabalho de campo (Iturra, 1986) realizado foi possível construir uma nova abordagem didática no ensino precoce de uma segunda língua. A EpA passou de uma teoria bidimensional, o papel, para uma realidade tridimensional, a da sala de aula.

Published
2018-04:-03