Mercados de Energia Elétrica

Estratégias de Comercialização de Potência em Mercado Liberalizado

  • José António Beleza de Carvalho Instituto Superior de Engenharia do Porto
  • Jorge Manuel Botelho Moreira Instituto Superior de Engenharia do Porto

Abstract

Em ambientes comerciais cada vez mais competitivos, caracterizados pela importância das redes comerciais, hiper- competição e pelo ciclo de vida de produtos e serviços, a inovação e o empreendedorismo são fundamentais para o sucesso das organizações. Cada vez mais as organizações tendem a apostar na inovação com o intuito de se tornarem mais competitivas nos seus mercados. Atualmente, o mercado elétrico, em Portugal, não é uma exceção. Com as recentes mudanças que resultaram na liberalização deste setor, é importantíssimo que os comercializadores de energias se façam distinguir dos restantes.
Atualmente, os consumidores de energia elétrica possuem uma limitação no que toca à contratação do valor máximo de potência pretendida para uma instalação. Depois do cliente escolher um dos escalões de potência contratada, deverá pagar o seu respetivo preço mensalmente, mesmo que nunca utilize um valor de potência próximo do escalão que contratou. Este custo representa, em média, 20% do valor total da fatura elétrica e é neste campo que as comercializadoras podem fazer-se distinguir, permitindo aos consumidores alterar o valor de potência contratada de acordo com as suas necessidades.

Author Biographies

José António Beleza de Carvalho, Instituto Superior de Engenharia do Porto

Nasceu no Porto em 1959. Obteve o grau de B.Sc em engenharia eletrotécnica no Instituto Superior de Engenharia do Porto, em 1986, e o grau de M.Sc e Ph.D. em engenharia eletrotécnica na especialidade de sistemas de energia na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, em 1993 e 1999, respetivamente. Atualmente, é Professor Coordenador no Departamento de Engenharia Eletrotécnica do Instituto Superior de Engenharia do Porto, desempenhando as funções de Diretor do Departamento.

Jorge Manuel Botelho Moreira, Instituto Superior de Engenharia do Porto

Frequência do mestrado em Engenharia Electrotécnica ‐ Sistemas Eléctricos de Energia no Instituto Superior de Engenharia do Porto.

Published
2012-06:-09