A Gestão de Recursos Humanos nas PME’s do setor da construção em Portugal

  • Tânia Rocha ESTG - IPP
  • Carmo Neves ESTG - IPP
Palavras-chave: Gestão de Recursos Humanos, Construção Civil, PME's

Resumo

O sector da construção civil em Portugal encontra-se representado sobretudo por Pequenas e Médias Empresas (PME’s), que representam 45% do volume total de negócios deste sector (Banco de Portugal, 2014). As empresas orientadas por projectos, como as empresas de construção, apresentam características muito peculiares no que respeita à Gestão de Recursos Humanos (GRH) (Huemann, Keegan, & Turner, 2007). Os mesmos autores referem que sempre que uma empresa inicia um novo projecto, num novo local, é preciso uma nova configuração de todos os recursos humanos da organização. Os Recursos Humanos (RH) são muito importantes para o sector da construção no entanto, os gestores de projetos de construção focam-se muito mais em aspetos relacionados com o planeamento, o orçamento, a gestão do risco e o controlo do projecto (Scott-Young, Christina; Danny, 2008; Zwikael & Unger-Aviram, 2010). No mesmo sentido e no contexto português, Pinto & Dominguez (2012), identificaram que os processos de GRH não estão entre os mais utilizados pelas PME’s portuguesas e quando existem sabe-se que são desenvolvidos de forma puramente informal e sem qualquer integração com a estratégia da empresa (Melo & Machado, 2013). Assim, com o intuito de contribuir para o conhecimento sobre as práticas da GRH nas PME´s, do setor da construção civil, a presente investigação, tem como principal objectivo perceber e compreender as práticas e processos de GRH utilizados nestas empresas. Para atingir o objetivo proposto, optou-se pela abordagem qualitativa, mais propriamente pela metodologia multi-caso que servirá para aprofundar, junto dos participantes, o tema a estudar. Esta metodologia sendo constituída por mais do que um estudo de caso é a ideal quando se precisa conhecer e perceber um determinado problema ou situação (Noor, 2008). De acordo com as referências anteriores, não existe muito conhecimento prévio sobre o tema e é importante produzir um conhecimento útil que tenha em conta os aspetos éticos e não apenas os aspectos quantitativos (Martins, 2004). O estudo será realizado através de fontes primárias, recorrendo a inquéritos por entrevista semiestruturada a indivíduos directamente ligados às organizações objecto de estudo. Por forma a delimitar a nossa investigação e por motivos de facilidade de acesso e proximidade, o objecto de estudo está delimitado às PME’s do setor da construção da região de Trás os Montes e Alto Douro. Uma das limitações deste estudo reside no fato dos resultados não poderem ser generalizados. Contudo, espera-se contribuir para ampliar o conhecimento sobre a área de RH, nas empresas da construção civil, e que a partir deste levantamento se possa dar continuidade ao estudo. Contribuir igualmente para que as empresas possam desenvolver processos de RH de uma forma mais sistemática e integrada com a estratégia da empresa, será outro dos resultados esperados, através deste estudo e da continuidade do mesmo.

Publicado
2018-11:-27
Como Citar
Rocha, T., & Neves, C. (2018). A Gestão de Recursos Humanos nas PME’s do setor da construção em Portugal. Investigação E Intervenção Em Recursos Humanos, (7). Obtido de http://parc.ipp.pt/index.php/iirh/article/view/2705