Validade dos cinco grandes factores de personalidade para a predição do desempenho no trabalho e do potencial de promoção individual no âmbito de uma função de engenharia de software

  • Nuno Miguel Vieira Rodrigues
  • Teresa Rebelo

Resumo

Um volume substancial de investigação evidencia que os cinco grandes factores de personalidade constituem preditores válidos e relevantes de variáveis de grande importância para a gestão de recursos humanos nas organizações, das quais se destaca o desempenho no trabalho. Não obstante, o número de estudos centrados na análise da validade preditiva dos Big Five em relação ao desempenho no trabalho, no contexto de funções de elevada complexidade, permanece relativamente reduzido na literatura. Para além do desempenho no trabalho, o potencial de promoção individual constitui outra variável de particular pertinência para a gestão das pessoas em contexto organizacional. Ainda assim, a evidência empírica a respeito dos determinantes individuais desta variável critério possui, de igual modo, um carácter limitado na literatura. O presente estudo visa contribuir para ambas as questões de investigação apresentadas, através da análise da validade preditiva dos Big Five em relação ao desempenho global no trabalho e ao potencial de promoção individual no quadro de uma função de elevada complexidade, tratando-se neste caso particular de uma função de engenharia de software. Para tal, recorreu-se a uma amostra de 243 engenheiros de software, pertencentes a uma empresa portuguesa do sector das tecnologias da informação. Os resultados indicaram que os factores de conscienciosidade, estabilidade emocional e extroversão representam preditores válidos do desempenho global no trabalho e explicam, no seu conjunto, uma percentagem importante da sua variância nesta amostra. No que toca ao potencial de promoção individual, apenas o factor de extroversão emergiu como um preditor válido desta variável critério. As implicações destes resultados serão apresentadas e discutidas no contexto da investigação e prática do domínio da gestão de recursos humanos.

Publicado
2016-01:-26
Como Citar
Rodrigues, N., & Rebelo, T. (2016). Validade dos cinco grandes factores de personalidade para a predição do desempenho no trabalho e do potencial de promoção individual no âmbito de uma função de engenharia de software. Investigação E Intervenção Em Recursos Humanos, (6). https://doi.org/10.26537/iirh.v0i6.2387