Tomada de decisão, atribuição causal e teoria dos jogos na previsão do comportamento individual nas organizações

  • Ana Teresa Ferreira
  • José Keating

Abstract

A gestão de recursos humanos tem focado a sua preocupação no desenvolvimento de sistemas de gestão que permitam o alcance de objetivos organizacionais e individuais. Em 2004, Bowen e Ostroff iniciam uma abordagem que pretende estudar os processos de gestão de recursos humanos, relacionando-os com variáveis psicológicas individuais, utilizando a atribuição.
Trabalhos anteriores (Ferreira, 2014) focaram-se no desenvolvimento de um instrumento que medisse a relação dos colaboradores com a gestão de recursos humanos associando-a ao compromisso. Esta dimensão considera aspetos concretos como a performance percebida, resolução de problemas específicos, comunicação e utilidade percebida.
Este trabalho pretende relacionar teoricamente esta dimensão com os processos de atribuição de Kelly (1973) e com os processos de tomada de decisão, feitos pelos colaboradores nas organizações.
Teoricamente discutimos a relevância desta dimensão no processo atribucional do individuo, através da construção de um teste de hipóteses que pode ter resultados positivos na regulação dos comportamentos individuais dentro das organizações.
A discussão critica pretende demonstrar que os colaboradores têm dificuldade em desintegrar a sua perceção sobre um sistema formal versus representantes do mesmo. Os indivíduos não avaliam o sistema de gestão de recursos humanos linearmente seguindo as predições da teoria da atribuição. É possível que os indivíduos precisem de o personalizar nos representantes da função RH para que consigam desenvolver perceções sobre o mesmo e consequentemente estabelecer atribuições causais.
Desta forma, a relação estabelecida com os representantes da função RH, que implementam na prática os sistemas, e a importância deste relacionamento interpessoal é fulcral, e deve ser considerado um ponto de partida privilegiado pelo especialista RH no desenvolvimento da perceção individual dos seus colaboradores sobre o SGRH.
Considerando a teoria dos jogos serão exploradas possiveis tomadas de decisões de dos colaboradores, considerando os aspetos anteriores de atribuição que realizam sobre a gestão de pessoas.

Published
2016-01:-28