Recrutamento e Seleção de Pessoas: A Perceção de quem avalia

  • Diana Quintela
  • Susana Silva

Abstract

Gerir os recursos humanos implica deter uma visão estratégica, previsional e provisional. Hoje em dia, a avaliação dos recursos humanos é uma constante nas empresas de consultoria, pelo que o presente estudo tem como principal objetivo analisar e compreender a perceção dos avaliadores relativamente aos processos de Recrutamento e Seleção. Participaram no presente estudo 12 avaliadores de empresas de consultoria de Portugal, de ambos os sexos, com uma média etária de 36 anos (DP=7.98). Foi administrado um inquérito por questionário para recolha de dados demográficos e elaborado um guião de entrevista com 13 questões. Os dados foram tratados através da análise de conteúdo, a partir da qual foi possível identificar-se categorias e subcategorias das respostas concedidas. Os principais resultados mostraram que, globalmente, os avaliadores possuem uma perceção positiva da sua atividade. O recrutamento online/pela internet é identificado como fonte de excelência para atrair candidatos e a entrevista é a técnica de avaliação utilizada pelos avaliadores, com especial enfoque nas entrevistas por competências com orientação semidiretiva. O processo de avaliação valoriza as soft skills, sendo que os avaliadores detêm um grau de confiança relativamente grande nas metodologias de avaliação que utilizam. A motivação dos avaliadores no desempenho da sua função radica, essencialmente na abrangência de conhecimentos que reveste a função e a possibilidade que esta confere de desenvolvimento. Estudos futuros devem ser realizados com amostras mais abrangentes, integrando metodologias quantitativas e qualitativas e com empresas onde a área de Recrutamento e Seleção seja desenvolvida internamente.

Published
2016-01:-26