Burnout, Engagement e perceção das exigências do trabalho: Comparação entre professores do ensino público e privado

  • Ana Vanessa Pereira Silva

Resumo

Face à atual conjuntura de grande volatilidade nas políticas no sector educativo, é fundamental perceber quais as consequências das mudanças sociais e curriculares na vida dos professores. Existe um interesse geral por parte dos meios de comunicação social, professores, sindicatos e opinião pública sobre o estado da Educação em Portugal e sobre a problemática do stress profissional dos professores.
O presente estudo tem como objetivo identificar os níveis de burnout e engagement nos professores, verificar se estes níveis variam em função de características sociodemográficas e profissionais e comparar a relação entre o burnout e o engagement e a perceção do nível de exigências profissionais nos professores do ensino público e privado.
Foi inquirida uma amostra de 132 professores do 1º ciclo do Ensino Básico da área da Grande Lisboa. Os resultados demonstraram que a amostra de professores analisada revela um grau moderado de burnout, apresentando resultados inferiores comparativamente a outros estudos realizados em amostras portuguesas. Quanto ao nível de engagement dos professores inquiridos, encontra-se igualmente num nível moderado, o que revela que amostra estudada não se encontra totalmente insatisfeita com as suas condições de trabalho, uma vez que não apresenta indicadores de burnout elevados e manifesta um sentimento moderado de engagement com a sua função. Concluimos também que o facto de não existirem elevados níveis de burnout na presente amostra se encontra relacionado com a perceção dos professores de que o seu trabalho não apresenta níveis demasiado elevados de exigências.
A par destes resultados, verificamos que existe uma correlação negativa entre burnout e engagement, como previsto na literatura, ou seja, níveis de exigência mais elevados conduzem a um elevado nível de burnout que, por sua vez, origina um nível de engagement mais baixo no professor.

Publicado
2016-01:-26
Como Citar
Silva, A. (2016). Burnout, Engagement e perceção das exigências do trabalho: Comparação entre professores do ensino público e privado. Investigação E Intervenção Em Recursos Humanos, (6). https://doi.org/10.26537/iirh.v0i6.2340