Conceção, Implementação e Avaliação de Práticas Web 2.0 na Atividade Docente

  • Lino Oliveira Politécnico do Porto / ESMAD (Portugal)
  • Ângelo Jesus Politécnico do Porto / ESS (Portugal)
  • Armando Silva Politécnico do Porto / ESE (Portugal)
  • Paula Peres Politécnico do Porto / ISCAP (Portugal)

Resumo

Atualmente, nas instituições de ensino superior, assiste-se a um crescente recurso às tecnologias web como suporte ao ensino presencial. Tendo como base o alcance dos objetivos definidos, os professores cada vez mais recorrem à definição de estratégias de aprendizagem considerando as vantagens associadas à interação digital e à personalização dos percursos de aprendizagem. Com o trabalho descrito neste artigo pretende-se a explicitação da reflexão sobre algumas das atuais práticas no que concerne à utilização das tecnologias web 2.0 no ensino superior procurando um enquadramento pedagógico. Contrariando a generalidade dos trabalhos científicos publicados nesta área de conhecimento, esta investigação parte do particular gerado por atuais práticas educativas, que decorrem de contextos específicos, para a geral no sentido do seu enquadramento teórico, numa abordagem bottom-up.
Concretamente, com este trabalho procurou-se avaliar de que forma as atuais praticas desenvolvidas no âmbito de uma unidade curricular de um curso de licenciatura responde a este contexto, quais os constrangimentos e resultados em termos de avaliação do conhecimento adquirido. Como resultado verificou-se que a exploração pedagógica das atuais tecnologias web 2.0 poderá potenciar a aprendizagem formal e a preparação para uma aprendizagem ao longo da vida. Verificou-se ainda a necessidade do mapeamento das ferramentas web utilizadas com objetivos educacionais de fundamentação e controlo da dispersão, inerente aos ambientes sociais.

 Artigo completo

Publicado
2017-12:-28